O nosso desporto preferido de uma civilização do tipo 3: Agora

Gonçalo Waddington

PT
Convento da Saudação
02 FEV 2016 a 10 FEV 2016

Seguindo a tendência para dissertar sobre o futuro, Gonçalo Waddington mergulha uma vez mais no tema do porvir, recorrendo a quatro elencos diferentes, e em quatro tempos diferentes, para reflectir física, metafísica, filosófica, antropológica e sociologicamente sobre a nossa evolução como espécie universal. A obra, uma tetralogia, será composta pelas peças com os seguintes sub-títulos: Agora; Futuro próximo; Futuro distante; Génesis.
O primeiro espetáculo, que se focará no presente, será composto por um elenco de seis atores, encabeçado por um cientista misantropo, líder de uma equipa de investigação na área da biologia molecular, que sonha com a criação de uma espécie humana livre das necessidades básicas como a alimentação, digestão e, talvez a característica mais importante para a peça, a reprodução - tornando-se, assim, uma espécie exclusivamente dedicada ao hedonismo e à abstração. A equipa, quando não está em processo de investigação, dedica-se ao desporto: todo o tipo de artes marciais e desporto de combate e ao suprassumo da beleza, da elegância, da velocidade e da agilidade: o Badmington.