FM [featuring mortuum]

Cristina Planas Leitão

PT
Convento da Saudação
17 NOV 2015 a 29 NOV 2015

Em FM [featuring mortuum] assistimos a um regresso ao Conceptualismo romântico. A peça simultaneamente poética e familiar mas extremamente estranha e macabra faz-nos refletir sobre o sentido da vida, a presença da Morte e o Teatro como lugar de todas as possibilidades mesmo a de tornar o impossível possível. Nesta pesquisa sobre o fazer acreditar coexistem duas peças em paralelo, dois objetos, um vivo e um morto que se torna no elemento central da criação. É uma peça simultaneamente divertida e triste, carregada de significado através das suas multicamadas que nos desarmam de uma forma acessível mas profunda.FM é uma exploração do real em palco; de como acreditar no falso e que artifícios podem ser usados para induzir determinados sentimentos no público, mesmo que saibamos que não acreditam totalmente na veracidade de uma cena teatralizada. Trata-se de enfatizar a pureza da realidade, sem adornos nem complementos, dissecando sem alienações. Desconstruir o mito, desmontando a ideia de repetição da performance. A morte é uma constante na peça. A peça insiste na morte. Morte e performance. Morte e repetição. Morrer várias vezes, morrer diariamente, morrer eternamente, morrer efemeramente e irrepetivelmente como no espetáculo de ontem.

 

Conceito e Direção Artística Cristina Planas Leitão
Interpretação e Cocriação Cristina Planas Leitão & Valentina Campora + featuring
Featuring e colaboração na pesquisa e criação Catarina Miranda, Daniela Cruz, Jasmina Krizaj
Desenho de luz Cristina Planas Leitão em colaboração com Cárin Geada e João Teixeira
Direcção Técnica Cárin Geada
Sonoplastia as intérpretes em colaboração com Flávio Rodrigues
Produção executiva e Difusão BAC / Célia Machado, Joana Ferreira
Apoio Dramatúrgico Victor Hugo Pontes, Joana von Mayer Trindade
Designer Gráfico Eduardo Ferreira
Agradecimentos Marlene Vilhena, Mara Andrade, Audrey Apers
Produção BACtéria/ Cristina Planas Leitão
Coprodução Teatro Municipal do Porto (PT)Coapresentador Centro de Arte de Ovar, Câmara Municipal de Ovar(PT);
Residências e Apoio à criação Dance Ireland (IR)  – International Associate Artist Programme; Dansateliers Rotterdam (NL); Centro Cultural de Ílhavo/ Câmara Municipal de Ílhavo (PT); TNSJ (PT); O Espaço do Tempo (PT); projeto Conquering the studio: a time for research / Companhia Instável com Victor Hugo Pontes; Universidade do Porto (PT); Instituto Politécnico do Porto (PT)
Apoio Financeiro Secretaria de Estado da Cultura/ DireçãoGeral das Artes; Fundação Calouste Gulbenkian (PT) – Programa de Apoio à Criação