Le Bouc

Projecto Ruínas

Convento da Saudação
26 OUT 2015 a 01 NOV 2015

​Vagamente inspirado no estranho destino de Madeleine Le Bouc, mística francesa que viveu na viragem do séc. XIX e na obra de Maurice Merleau-Ponty, LE BOUC transformou-se numa reflexão sobre a figura e o papel do actor, que questiona a etimologia da palavra e a sua associação ao conceito de agir. Não estou certa desta relação. Não vejo actos em actores, nem vontades, nem propósitos. Este trabalho pretende expor a passividade do performer invadido por outros corpos que o "possuem" e fazem avançar. Falar. Agir. Uma dramaturgia que conecta imagem e palavra, passado e presente. Eu e o Outro.

Concepção e Interpretação - Susana Nunes
Desenho de Luz e Espaço Cénico - Nuno Borda de Água
Imagem - Amanda Costa
Produção - Catarina Caetano e Sandra Coelho
Financiamento - Município de Montemor-o-Novo | SEC - Direcção Geral das Artes Apoio - Plansel | Oficinas do Convento
Estrutura associada - O Espaço do Tempo