Nameless Natures

Joana von Mayer Trindade

Convento da Saudação | Montemor-o-Novo
08 FEV 2015 a 15 FEV 2015

A criação Nameless Natures centra-se na imagem fotográfica e no enquadramento como documentos, contextos e conceitos de provocação para a composição performativa e paralelamente nos conceitos filosófico/existenciais de resistência, persistência, caos e excesso. O mover-se do corpo (performer) num campo de visão (espetador) gera uma sequência de fotogramas do visível possível e de um vasto invisível transgressor e transcendente. Como explodir uma composição a partir de premissas de enquadramento e desenquadramento, de pôr e dispor, de montagem, partindo de o que é uma imagem, qual a sua natureza, para o que criam as imagens e o que se consegue criar apesar destas. Nameless Natures: imagens sem nome, sem discurso, numa contraposição que inverte o significado usual de naturezas mortas, de certa maneira meras imagens. A opção artística implica, para o acima, descobrir um significado essencial da composição em performance, a partir de planos onde o caos é confrontado. O que é o Caos no âmbito da Composição, O Silêncio no âmbito da composição e o pensamento do caótico dentro da Composição. Quatro elementos deverão estar unidos na CRIAÇÃO: Imagem, Pensamento, Silêncio e Caos. O próprio título desta criação Nameless Natures encerra em si e em síntese o significado dos conceitos acima descritos, naturezas sem nome, de carácter hibrido, não classificáveis, que se pretendem reforçar e explorar através da presença de um corpo que se quer ambíguo, misterioso e no qual a natureza feminina e a natureza masculina sejam indistintas e se afirmem presentes num só corpo, numa só fisicalidade. O significado deverá ser tal que persista, que resista, que insista e que exista, em Nameless Natures. JvMT e HCC

 

Concepção, Criação e Coreografia: Joana von Mayer Trindade
Co-criação e Interpretação: Bruno Senune e/ ou Lee Meir

Som: Jonathan Uliel Saldanha 
Consultor Artístico: Hugo Calhim Cristovão
Residência Artística: Atalaia Artes, Companhia Instável, O Espaço do Tempo
Apoio à Criação: Fundação Calouste Gulbenkian 

Nameless Natures Preview: Fotografia © Joana von Mayer Trindade, 2014

Agradecimentos: Ana Trincão e BCN – ballet contemporâneo do norte  no contexto do Projecto de Pesquisa 2014- Conquering the studio: a time for research with Lee Meir (DE/ IL)

 

Estreia Teatro Municipal Do Porto Rivoli , 7 de Fevereiro 2015