432 HZ

Filipa Peraltinha

Portugal
Convento da Saudação | Montemor-o-Novo
02 NOV 2014 a 30 NOV 2014

O projecto "432Hz" pretende, numa primeira instância, servir de laboratório para a identificação e exploração de movimento que tenha, como motor e textura, as reações do corpo humano à influencia das vibrações sonoras e musicalidade.
A expressçao técnica e artística foca o desenvolvimento de pontos comuns entre materiais da dança contemporânea e alguns dos impulsos físicos presentes nas danças urbanas.
Como inspiração e dramaturgia, espreita-se o individual e pessoal dos interpretes, a fim de encontrar os ingredientes necessários à consolidação de ferramentas de trabalho e de construção de personagens e suas ligações.
O tema é a Empatia.
Procurar arrancá-la dos nossos códigos, se é que é possível, e voltar a dar-lhe vontade. Ver ao que nos sabe. E olhar possibilidades. E saber nos outros, o reflexo de nós mesmos e de tudo.

 

O processo criativo que valoriza a procura específica de novos lugares para o movimento contemporâneo, vem continuar as pesquisas em ambas as áreas da dança contemporânea e urbanas, a fim de exponenciar as suas potencialidades e promover essa existência como uma necessidade cultural e de enriquecimento artístico.
No entanto, este projecto tem como princípio, trabalhar a relação entre os objetos de estudo presentes no processo criativo, e a forma como estes serão expostos e
dados a ler ao publico, .
A preocupação será sempre a de estabelecer comunicação com o espectador, abandonando conceitos conservadores, condescendentes e/ou elitistas sobre a aceitação e reacções por parte de um público generalizado.
É do ponto de vista dos artistas envolvidos que um dos objetivos importantes a atingir, seja o de contribuir para a criação de outros públicos e mercados sustentáveis e alternativos para a dança, essenciais à propagação desta arte em novos meios e garantir os espaços já conquistados.
Esta vontade parte da convicção de que, estas novas plataformas, não devem ser o espelho económico da falta de escolhas e oportunidades às novas expressões artísticas, mas a ampliação dos seus horizontes e reencontro com os seus observadores directos.

 

 

"432Hz" estará presente, como tryout, no Festival Guidance 2015, dia 12 de Fevereiro, 2015..

Após a conclusão do processo criativo, a sua primeira apresentação, terá lugar ainda em Fevereiro, dias 27 e 28 na Black Box do Espaço do tempo, Montemor-o-Novo.

Estreia oficial 7 e 8 de Março do mesmo ano, em Guimarães, no Centro Cultural Vila Flor.

O projecto visa estender-se a diversos teatros e espaços de apresentação cultural, nacionais e internacionais,
Concorre à rede de teatros "5 Sentidos", entre outras.

 

 

 

Direcção Artística , Coreografia : Filipa Peraltinha
Consultor Artístico: Rui Horta
Interpretes: André Cabral, Filipa Peraltinha, Hanna Jansson, Luis Rodriguez, Marco Ferreira.
Figurinos: Filipa Peraltinha
Cenário: A definir
Desenho de Luz: Rui Horta

Espaços Culturais Associados | Centro Cultural Vila Flor, Black Box Espaço do Tempo Residências Artísticas | Espaço do Tempo, Centro de Criação de Candoso

Produtora Executiva e Comunicação: Sira Camacho

Assistente de Produção: Fanni Foldvari

Produção: Espaço de Tempo Coprodução: Centro Cultural Vila Flor