Monsterbox

Johanna Roggan -The Guts Company

Convento da Saudação | Montemor-o-Novo
19 MAI 2014 a 06 JUN 2014

MONSTRO (MONSTER) é a definição de uma entidade ou malformação antinatural, normalmente feia e assutadora.

A monstruosidade não é uma propriedade física mas uma interpretação dos seres humanos de  uma alteridade aterradora.

Contudo, a alteriadade é omnipresente numa sociedade que marca o individualismo como um dever do desenvolvimento da personalidade.

A ineptidão humana em lidar com esta contradição leva à atracção e à rejeição do nosso semelhante dentro e para com a sociedade ao mesmo tempo.

4 bailarinos, 4 monstros, 4 quartos, 4 ansiedades, uma sociedade.

Cada bailarino escolhe um monstro do cinema, literatura ou da história para trabalhar num modelo concreto, encontrando paralelos na sua experiência e relacionando-o com o que o rodeia. Poderão encontrar poder nisto. E vão ter de o deixar sair de uma forma muito áspera. 

Dá-se origem a uma conexão com o nosso comportamento humano através desensiveis mutações de movimento - precisa apenas de uma pequena alteração para atravessar a barreira da monstruosidade.

MONSTERBOX revela monstros da nossa sociedade humana, o produto da co-habitação. Mas quem define a monstruosidade, a normalidade ou o comportamento neurótico? Quem fixa as barreiras? E quem as controla?

 

conceito/ coreografia: Johanna Roggan/ the guts company
dança: 
Lisanne Goodhue, Michele Meloni, Hygin Delimat, Alexander Standard
som: Stefan Senf
palco: Dirk Heymann
figurinos: Janine Hagedorn
luz: Patrick Lauckner
produção: Josefine Wosahlo/ the guts company
director de ensaios: Susan Schubert
documentação: David Pinzer (foto), Johannes Petzold (video)

 

MONSTERBOX | Teatro e dança contemporâneos pela The Guts Company | em coprodução om Societaetstheater Dresden, HELLERAU – European Center for the Arts Dresden, O Espaço do Tempo Montemor-o-Novo e büro für tanz I theater I produktionen | financiado por Landeshauptstadt Dresden – Amt für Kultur und Denkmalschutz.