Alma d'Arame

Portugal

A Alma d’Arame é uma associação fundada em 2006 que tem vindo a desenvolver a sua actividade no Alentejo, nomeadamente no município de Montemor-o-Novo.

Pretende contribuir para a divulgação das artes cénicas com particular destaque para o teatro de marionetas, pelo que adoptou para designação as palavras que António José da Silva dedica aos seus "actores" na "Dedicatória à Mui Nobre Senhora Pecúnia Argentina" publicada em 1744: «tudo anda num corrupio, o porteiro se ataranta, o arrumador se titubeia…as luzes parecem estrelas, as arquitecturas dóricas, as vozes harmoniosas, os instrumentos mais se apuram…e, finalmente, até parece que a alma do arame no corpo da cortiça lhe infunde verdadeiro espírito e novo alento…»

O seu percurso pauta-se pela criação, programação, formação e colaboração criativas com entidades locais. Neste sentido tem vindo a desenvolver as seguintes actividades:

  • Programação nos Ciclos da Primavera e Outono da Câmara Municipal de Montemor o Novo, dia mundial do teatro e outros (Teatro de d. Roberto, bonecos Bailarinos de S. Bento do Cortiço, Algazarra, Teatro de Marionetas, Trulé investigação de formas animadas)
  • Criação do espectáculo de marionetas destinado ao publico infantil a Flôr Azul, uma co-produção com a produtora de filmes de animação Sardinha em Lata, espectáculo criado a partir de episódios da série televisiva Ema&Gui e que estreou na Feira da Luz 2011 em Montemor-o-Novo
  • Desenvolve na área da formação em parceria com o Agrupamento Vertical de Escolas de Montemor -o-Novo e a entidade de formação CELF um projecto com o nome Dramaturgia e Marionetas que pretende trabalhar as obras do Plano Nacional de Leitura e criar pequenos espectáculos para apresentação nas escolas, permitindo a professores e alunos trabalhar em conjunto no processo criativo.
  • Também programa vários workshops para a comunidade escolar e geral tendo sempre em vista a criação de novos interessados na arte da marioneta. Alguns destes workshops assumem a particularidade de constituirem formação para a progressão na carreira docente.
  • Colaboração ao nível da criação e montagem de espectáculos com diversas entidades na produção de criações, nomeadamente Era uma Vez Teatro de Marionetas, Marionetas de Lisboa, Oficinas do Convento e Anima Theatre – Companhia Francesa.
  • Ao longo dos ultimos dois anos tem acolhido varias companhias nacionais tais como S.A Marionetas, Marionetas do Porto, Criadores de Imagem, Cendrev, Mandrágora, Trulé, Bonecos Bailarinos de S. Bento do Cortiço, Circolando, Era uma Vez, Marionetas da Feira, Limite Zero, Particulas Elementares, Valdevinos, Lua Cheia

Em 2010 a Associação realizou a produção exectutiva do 1º Encontro Nacional da Unima-Portugal, onde foi dado o primeiro passo para a implementação do centro nacional da Unima em Portugal.

Sendo um dos objectivos desta associação a angariação de novos públicos nomeadamente em áreas afastadas do acesso aos grandes eixos da programação, intervindo em ambientes rurais ou periféricos, tem vindo a realizar desde 2008 o Encontro de Marionetas de Montemor-o-Novo, que todos os anos cresce no acolhimento de projectos e, acima de tudo, no número de espectadores.

Desde a primeira edição que têm passado grandes artistas e companhias nacionais e internacionais como a S.A. Marionetas, Marionetas do Porto, Criadores de Imagem, Cendrev, Mandrágora, Trulé, Bonecos Bailarinos de S. Bento do Cortiço, Circolando, Era uma Vez, Marionetas da Feira, Limite Zero, Particulas Elementares, Circolando, Algazarra teatro, Luk de Bruyke, Fosso de Orquestra, Mandrágora, Anima Theatre, Caótica, Vagar, Fio d'Azeite, Stuffet Puppet, Mekânica, Hugo e Inês, Michael Meschke, entre muitas outras.

  • No ano 2012 foi realizado pela primeira vez em Montemor-o-Novo, o Encontro Nacional de Teatro D. Roberto que, em parceria com a Universidade de Évora e o CHAIA, permitiu, além de um fim de semana dedicado a este tipo de teatro, criar um registo audiovisual de qualidade das principais companhias que ainda apresentam este tipo de espectáculo da forma tradicional. Neste contexto foi também criado o espectáculo "Zé Broa", uma produção da Alma D'Arame.
  • Um ciclo de programação intitulado "Marionetas vão à feira" esteve patente na Feira da Luz em Montemor-o-Novo este ano, assim como foi feita uma pareceria com o Agrupamento de Escolas no âmbito das comemorações do dia mundial da Marioneta.
  • Foi criada um parceria com o Chapitô e, portanto, a Associação tem dado apoio a estágios de formação em contexto de trabalho, assim como têm decorrido algumas aulas do Mestrado de Teatro da Universidade de Évora na sede da associação.

No presente ano foi realizado pela primeira vez o Encontro Luso-Brasileiro do Teatro Popular de Bonecos, fruto também de uma parceria internacional entre a Companhia Brasileira – Mamulengo da Folia e a Alma d´Arame, que se concretiza com a participação da Alma d´Arameno 4º Encontro de Mamulengo em S.Paulo em Outubro de 2013.

Cria o espectáculo "O Funâmbulo "de carácter experimental, onde se cruzam teatro de objectos e a música electrónica, já em Setembro e fruto também de uma parceria internacional criamos a nossa última criação "KING-KONG-QUEMÉ O MONSTRO?" espectáculo de Marionetas e Formas Animadas, multidisciplinar.

A Alma d´Arame tem na essência de toda a sua actividade as correntes que acompanham o seu percurso artístico desde o início que corre, entre a Tradição e a Modernidade.

É nas diferenças de linguagem que se encontram novos caminhos de fruíção artística e se encontram novas formas de criação e de debate artístico.

 

Mais detalhes em: http://www.almadarame.pt