CATABRISA

Companhia Instável

Joana Providencia, Gémeo Luís, Eugénio Roda e Manel Cruz
Convento da Saudação
12 SET 2015 16:00

CATABRISA
Joana Providencia, Gémeo Luís, Eugénio Roda e Manel Cruz

Sábado, 12 de Setembro
16h00 e 18h00
Lugares Limitados e sujeitos a reserva 

 

Olha à tua volta: tudo se mexe. Tudo mexe com tudo. Até a respirar mexemos com o ar.

ouviste dizer que esta brisa que sentes no cabelo, pode vir do outro lado do mundo, onde uma pequena borboleta bate as asas? Ou que pode vir do teu interior, da tua força de vontade?

Talvez esta seja uma história sobre o vento, pois é com o vento que vão e vêm as sementes, é com o vento que vão e vêm as ideias e a vontade de mudar o mundo.

 

Um menino, em tudo igual a todos os meninos, vive as maiores aventuras de sempre: a aventura da curiosidade, do desejo, da descoberta, do espanto, da invenção, a aventura de quem nasce e cresce com o corpo e a mente aos rodopios. Do livro Catavento (Eterogémeas), nasceu um espetáculo: Joana Providência encenou e coreografou, Manuel Cruz musicou, Luís Mendonça desenhou cenografia e figurino, Emílio Remelhe escreveu e Filipe Caldeira interpretou. Juntos criaram um espaço de ideias em forma de sensação, um lugar de sensações em forma de gesto, um sítio de gestos em forma de som, um mapa de sons em forma de sombra, um mundo de sombras em forma de história para todos. Para todos verem, ouvirem, sentirem e pensarem com a forma de ver, ouvir, sentir e pensar de cada um.

 

Duração | Aproximada de 50 minutos

Público-alvo | Crianças dos 6 aos 10

 

EQUIPA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Texto | Eugénio Roda a partir do livro Catavento (Edições Eterogémeas) de Gémeo Luís e Eugénio Roda

Conceção e direção coreográfica | Joana Providência  

Dramaturgia | Eugénio Roda (Emílio Remelhe) 

Criação, cenografia e figurinos | Gémeo Luís  

Interpretação | Filipe Caldeira 

Música | Manel Cruz 

Direção técnica | Ricardo Alves

Produção executiva | Companhia Instável 

Uma encomenda | Maria Matos Teatro Municipal

Coprodutores | Centro Cultural Vila Flor, Cine-teatro Joaquim D’Almeida, Comédias do Minho, Companhia Instável, Fundação Lapa do Lobo, Fundação Casa da Música e Maria Matos Teatro Municipal.

Fotografia | Comédias do Minho

 

Catabrisa from Companhia Instável on Vimeo.

 

 

  

É uma iniciativa financiada por: