Caminhada dos Elefantes

Miguel Fragata e Inês Barahona

Portugal
Convento da Saudação
08 NOV 2014 16:00

Havia um homem e uma manada de elefantes. Quando o homem morre, os elefantes fazem uma caminhada misteriosa a sua casa, para lhe prestar uma última homenagem: não era um homem qualquer, era um deles.
"A Caminhada dos Elefantes" é sobre a existência, a vida e a morte, e o caminho que todos temos de fazer, um dia, para nos despedirmos de alguém.
Um espectáculo que reflecte sobre o fim, que é um mistério para todos nós, crianças ou adultos.

 

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA
Concepção, Dramaturgia e Encenação Miguel Fragata e Inês Barahona

Interpretação Miguel Fragata

Cenografia e Figurinos Maria João Castelo

Música Fernando Mota

Luz José Álvaro Correia

Produção Formiga Atómica

Técnica e Operação de Luz Pedro Machado

Operação de Som Inês Barahona

Apoio à Dramaturgia na Vertente da Psicologia Infantil Madalena Paiva Gomes

Apoio à Dramaturgia na Vertente da Pedagogia Elvira Leite

Consultoria Artística Giacomo Scalisi, Catarina Requeijo e Isabel Minhós Martins

Imagem do Cartaz UVA Atelier

Projecto Financiado por
Governo de Portugal | Secretário de Estado da Cultura | Direcção-Geral das Artes

Co-Produção
Artemrede-Teatros Associados | Centro Cultural Vila Flor | Maria Matos Teatro Municipal | Teatro Viriato